em Tecnologia

Sou programador PHP desde 2001 e trabalhei somente com essa linguagem por muito tempo. Em 2012 eu tive uma pequena experiência, graças a um colega de trabalho, com Python através do framework para web Django. Comecei a fazer algumas aplicações simples para aprender. Mas logo após deixar a empresa que trabalhava, acabei parando por ali mesmo.

Este ano resolvi voltar a aprender o Python, gosto muito dessa linguagem e gostaria de ser proficiente nela. Como tudo que aprendo acaba sendo de forma autodidata, fui atrás de alguns tutoriais para voltar a estudar.

Para recomeçar, escolhi um tutorial muito interessante sobre Flask, um microframework para web escrito em Python. O tutorial chama-se The Flaks Mega Tutorial e aborda praticamente tudo que você precisa para fazer uma pequena aplicação web com Flask. Eu recomendo.

O Python e o Flask

Desde o primeiro contato que tive com Python, em 2012, eu achei sua sintaxe incrível. É muito simples e “readable“. Foi uma das primeiras coisas que me chamou atenção nessa tecnologia.

Quando você programa por muito tempo em uma linguagem específica, você acaba ficando viciado em certas coisas específicas dela. É muito gostoso poder experimentar uma forma diferente de programar e a sintaxe do Python deixa tudo mais interessante ainda.

Já o Flask tem me parecido extremamente prático para construir aplicações. Mas ainda estou muito no início para falar mais sobre ele. Só posso dizer que estou gostando bastante das facilidades que ele oferece.

Outra coisa que tem me chamado bastante a atenção com o Python são as empresas que tem migrado de outras linguagens para ele por conta da performance. Assisti diversas palestras e li publicações sobre empresas fazendo essa migração, mas não tenho informações o suficiente sobre isso para falar mais, por enquanto.

Vou continuar meus estudos e o que achar interessante vou publicando por aqui.